torredemoncorvoinblog@gmail.com

domingo, 11 de maio de 2008

drama na Sra da Teixeira

Já tarde quase noite uma tempestade pairava no ar. O som da trovoada fazia medo.

in: "os céus de moncorvo" http://www.antoniobasaloco.org/ceusapresentaçao.htm

2 comentários:

N. disse...

É para estas ocasiões que se devem guardar as "amêndoas de raio" que o Vasdoal "postou" mais abaixo, na entrada "Brinquedos e segredos". Realmente esta fotografia revela uma atmosfera dantesca... Para quem não saiba, o corpo arquitectónico que se encontra do lado direito da fotografia, a seguir às àrvores, é a capela do antigo ermitério de N. Srª da Teixeira, fundado por Frei Jordão do Espírito Santo, no século XVI. Quantas vezes terão rezado a Santa Bárbara os pobres eremitas que aqui viveram, perante as ameaças de tempestada como estas?...

N disse...

Depois de apreciar a foto, cliquei no endereço de António Basaloco sobre os Céus de Moncorvo. E pareceu-me ter viajado no tempo e no espaço para a Irlanda céltica... Grandes fotografias!!! E finalmente percebi porque pensaram os Antigos que os Céus eram a morada dos Deuses. Parabéns Toninho!!!

eXTReMe Tracker