torredemoncorvoinblog@gmail.com

sexta-feira, 9 de maio de 2008

A "Ribeira" - no prelúdio do encontro dos rios...

"Sôbolos rios que correm..." - diria Camões.
Tal como no Porto chamam "Ribeira" ao Douro, no seu curso final que precede a Foz, também aqui se chama "Ribeira" ao Sabor, depois da sua confluência com a ribeira da Vilariça e antes de desaguar no Douro.
Em primeiro plano, a meio do rio, a chamada "ilha do espanhol". Nas margens, as famosas "courelas" de hortaliças e meloais. - Em tempos idos, dos séculos XV a XIX, aqui se produziu grande quantidade de cânhamo (o linho alcanave > cannabis) para as cordas e velame das naus da carreira das Índias...
Ao fundo, a povoação da Foz do Sabor e o Douro, de onde emerge o monte Meão, no sopé do qual floresce a Quinta do Vale do Meão, a última grande obra vitivinícola de D. Antónia Adelaide Ferreira, a célebre "Ferreirinha".

Foto captada de parapente, por Tó Andrês (Clube Ares da Minha Serra), em 2.06.2004.

1 comentário:

Xo_oX disse...

Quem me dera ter asas!...
Gosto de todas as fotografias, mas desta particularmente. Parece que vamos a planar sobre o rio em direcção à foz.

eXTReMe Tracker