torredemoncorvoinblog@gmail.com

domingo, 20 de julho de 2008

Inventário de Arte Sacra

O PARM, desde o início dos anos 90 do século passado, iniciou um projecto ambicioso e importantíssimo, que consistiu na realização do inventário de Arte Sacra da Igreja Matriz de Moncorvo.

O trabalho, com algumas paragens, foi-se desenvolvendo, nomeadamente com a colaboração dos alunos do Curso CPC - Conservação do Património Cultural (1998-1999), e centrando-se na imagística e ourivesaria. Nesta fase, foi decidido realizar-se uma Exposição de arte sacra "O Tesouro da Igreja", no Verão de 1999, dando a conhecer a muitos Moncorvenses, imagens, livros e alfaias religiosas à muito retiradas do culto, mas com assinalável valor artístico.


Fachada principal da Igreja Matriz, a partir de uma reprodução fotográfica
do final do séc. XIX/inícios séc. XX (Arquivo Particular)



O Interior da Igreja nos meados do séc. XX (reprodução de um postal)

No decorrer deste ano a Direcção do PARM decidiu retomar este projecto, através de, numa primeira fase, digitalizar e informatizar o ficheiro existente em papel e, de seguida, continuar e tentar concluir o inventário nos seguintes quadrantes:

1. Paramentaria, no qual se inclui um espólio riquíssimo de casulas, estolas, dalmáticas, manípulos, capas de asperges ou pluviais, véus de ombros, sobrepelizes. Esta parte do espólio encontra-se disperso por toda a Igreja, havendo verdadeiras maravilhas.



2. Outros panos litúrgicos e decorativos, como frontais de altar, véus de sacrário, palas, véus de cálice, corporais, pendões ou bandeiras, os pálios, umbela, panos de armar, e outros de função mais ou menos conhecida.

























3. Ourivesaria e Prataria (Este foi um campo que já tínhamos alguns registos, mas que foram corrigidos e aumentados). Destacam-se as custódias, mas também cruzes processionais e crucifixos de pousar, cálices, patenas, turíbulos, navetas, resplendores, coroas, varas de funções diversas, adornos e vários objectos ofertados à Paróquia, candelabros, etc.






4. Escultura, Pintura e Imagística - trabalho já largamente desenvolvido, que agora foi completado.


Em suma, este trabalho tem vindo a ser muitíssimo importante pois pretende registar, conservar e divulgar um património riquíssimo, algum conhecido e muito oculto, que tem uma importância vital para a História de Moncorvo e da Igreja Matriz em particular.

A direcção do PARM

Fotos PARM e A. Basaloco

4 comentários:

Anónimo disse...

A continuação deste trabalho de levantamento de Arte Sacra da Igreja Matriz de Torre de Moncorvo, deve-se, sobretudo, ao Dr. Rui Leonardo (membro da direcção do PARM e, neste momento, estagiário nesta associação). Já agora informa que foi ele o autor do "post", pelo que, certamente por razões de modéstia, não o assinou, mas é justo salientá-lo.

Aproveitamos para relembrar que um outro trabalho de levantamento de Arte Sacra tem vindo a ser realizado por acção da Junta de freguesia de Torre de Moncorvo (nas capelas pertencentes à Junta), sendo conduzido pelo nosso sócio Luís Miguel Lopes. Sobre este trabalho já foi realizada uma Exposição, intitulada "Memórias de Fé", nos espaços do Centro de Memória de T. de Moncorvo.

Ambos os trabalhos foram orientados pela associação do PARM. - Espera-se que o próximo passo seja a articulação com o departamento de Arte Sacra da P.J., de forma a acautelar este valioso espólio de arte religiosa. Impõe-se, no futuro, o levantamento da arte sacra de todas as outras freguesias do concelho de Torre de Moncorvo, trabalho tanto mais urgente quanto o despovoamento do mundo rural torna as pequenas igrejas das aldeias um alvo fácil para os salteadores deste tipo de património.
Nelson

Xo_oX disse...

Cuidar do património é um trabalho importante e muito aliciante. É importante catalogar, proteger mas também mostrar, porque as coisas eternamente escondidas vêem o seu valor "diminuído".
As fotografias estão fantásticas!

Castela disse...

Muitos parabéns pelo óptimo blogue. Venho por este meio pedir a colocação da magnífica fotografia da igreja matriz de Torre de Moncorvo.
Obrigadão
Castela

torredemoncorvoinblog disse...

Caríssimo/a "Castela",
Não entendemos se pretende colocar aqui uma foto da igreja de Moncorvo, ou se pretende utilizar a que está neste post. No caso de pretender colocar aqui alguma foto, pode enviar-nos para no nosso e-mail (está no cabeçalho do blogue), com indicação de autoria e data; se, pelo contrário, pretende utilizar a que se encontra aqui, que é de arquivo particular de um colaborador nosso, concedemos-lhe a autorização desde que mencione a fonte: o nosso blogue, com indicação de Arquivo Particular.
Continue a visitar-nos.
Cps.
Torredemoncorvoinblog/Administração

eXTReMe Tracker