torredemoncorvoinblog@gmail.com

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

São Martinho

A Lenda de São Martinho - Diz a lenda que um cavaleiro romano, viu um velho mendigo cheio de fome e frio, quase nu. O dia estava chuvoso e frio, e o velho mendigo estava encharcado. O cavaleiro, chamado Martinho, era bondoso e gostava de ajudar as pessoas mais pobres. Então, ao ver aquele mendigo, ficou cheio de pena e cortou a sua grossa capa ao meio, com a espada, dando metade da ao mendigo e partiu. Passado algum tempo a chuva parou e apareceu no céu um lindo Sol.

No dia de São Martinho, a 11 de Novembro, fazem-se os magustos, tradição que remota de há muitos anos, fogueiras ao ar livre, reunindo-se familiares e amigos enquanto as castanhas estalam na fogueira. Comem-se castanhas assadas acompanhadas de vinho novo, jeropiga ou água-pé. Já o velho ditado diz:

"No dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho." No Nordeste Transmontano não se esquece esta tradição, nem poderia ser de outra forma, uma vez que é predominante o cultivo de castanha.

Alguns dos Provérbios do São Martinho:

- No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho.
- Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro.
- Dia de S. Martinho fura o teu pipinho.
- Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
- Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
- Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
- Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz dano.
- Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.

5 comentários:

Anónimo disse...

- Quentes e boas! mesmo apetecíveis... iam bem com um copito de tinto(esperemos pelo convite do Jorge). obrigado!
N.

Anónimo disse...

Apetecíveis!

A. Teixeira

Lopes disse...

Por estas paragens do Sul nem se lembra o dia 11/11 visto praticamente ser não usual, e se assim continuar haverá no futuro tradições que serão esquecidas.
Bem haja os organizadores dos Magustos que ainda existem neste país à beira mar.
Cumprimentos cá das Terras do Bocage

Xo_oX disse...

Não tive ainda tempo para comer umas castanhas assadas, com paz (muito menos regadas)e tranquilidade. Ver estas imagens é mais um alerta que é obrigatório fazer um magusto.

N. disse...

Pois não seria má ideia um magustozito dos "bloggers" e aficcionados visitantes, um dia destes... ora pensem lá nisso!
(e para os amigos profs. é uma boa maneira de esquecerem, por momentos, outras "castanhadas"...)
abraço,
N.

eXTReMe Tracker