torredemoncorvoinblog@gmail.com

segunda-feira, 6 de julho de 2009

A torre da Teixeira

Ermida da Sª da Teixeira
( Maio de 2005- J.Costa)

5 comentários:

Angel disse...

Hola amigos.Hermosa y pequeña hermita esta de nuestra Sra de Teixeira.Como comentó Nelson,seguramente del camino portugues a "San Tiago".
Desde hace dos décadas el camino francés,en España, se convirtio en una gran fuente de riqueza, gracias al "turismo de peregrinación".
No vendría mal para la comarca,que algún poder,(humano o divino), hiciera lo mismo con esta ruta.
Un fuerte abrazo.Angel

Wanda disse...

Olá
Adorei essa capela com alpendre, realmente é bela! O significados das inscrições , toda a história e da época em que foi construída.Vale á pena visitá-la !
Abraço
Wanda
São Paulo, 6 de julho de 2009

Anónimo disse...

Belíssimo pormenor.
Essa Ermida é uma pérola!
Saibamos cuidar desse legado.

A. Manuel

Anónimo disse...

Este é, de facto, um pormenor interessante dos belos frescos do ermitério de N. Sª dos Prazeres (mais conhecida por capela da Srª da Teixeira). E, como lembrou o Ángel, realmente penso que este edifício religioso, pelo facto de ser alpendrado e de ficar à berma de um antigo caminho, que viria da barca do Peredo com destino a Torre de Moncorvo (cujo primitivo orago era Santiago), poderia estar relacionado com um dos inúmeros ramais do Camiño (neste caso para os peregrinos do Ribacôa e terras de Sul de Castela). No entanto, esse que até há poucos anos ainda se parecia com um caminho medieval, hoje é um estradão, parcialmente asfaltado e até com uma pequena lixeira no troço mais preservado, que ainda subsiste nas imediações do pequeno templo... Pelo que nos perguntamos se ainda faz sentido recuperar e sinalizar este trajecto... - Uma coisa é certa: a capela e os seus frescos merecem uma recuperação urgente, embora o Estado alije as suas responsabilidades, com o argumento de que se trata de um imóvel privado. Receamos, por isso, que neste jogo de empurra, este valioso património se degrade ainda mais e se perca de vez.
Se quiser saber mais, procure a obra "Os frescos de N. Srº da Teixeira", de Eugénio Cavalheiro (edição João Azevedo, Mirandela, 2000) - disponível na associação PARM/Projecto Arqueológico da Região de Moncorvo, ou Museu do Ferro & da Região de Moncorvo.
n.

Leonardo disse...

Belo fresco e grnade fotografia do Vasdoal, numa capela magnífica.

Lutemos pela sua preservação!

eXTReMe Tracker