torredemoncorvoinblog@gmail.com

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Exposição sobre Armando M. Janeira e livro de Isabel Mateus

"O local é o universal sem paredes", disse um dia o grande escritor transmontano Miguel Torga.
Pois se conjugarmos os temas da Exposição sobre o Embaixador Armando Martins Janeira que será inaugurada no próximo dia 29 de Agosto, pelas 11;00h, no Centro de Memória, com a temática do livro de Isabel Fidalgo Mateus, sobre a nossa Montanha (o Roboredo), ou, mais propriamente sobre o mundo de trás-da-serra, de onde partiram tanto o Embaixador como esta sua prima afastada, natural das Quintas de Felgueiras, temos a frase de Torga consumada na sua plenitude.
É que tanto a busca do Homem Universal intentada por Janeira, como esta demanda do local procurada por Isabel Mateus, têm como referência sempre o "locus" de onde partiram.
Ambos embaixadores, cada qual à sua maneira, pois a Doutora Isabel Mateus é, presentemente, professora na Universidade de Liverpool, onde muito bem representa a nossa terra (e de onde nos envia as suas crónicas para o blogue), ambos tiveram percursos similares embora em contextos cronológicos distintos: o jovem Armando frequenta aqui aprende as primeiras letras nos anos 20 do séc. XX, enquanto a pequena Isabel por aqui andou à escola nos anos 70 e 80.
Todavia, ambos devem ter subido um dia ao alto da Serra e imaginado que havia mais mundo, e partiram. Também Armando Martins Janeira passou por Inglaterra, antes de se fixar por mais tempo no Japão e na cultura japonesa. A Isabel deambulou por Portugal e Europas (o marido é italiano, passo a inconfidência), antes de se fixar (ao presente) no Reino Unido.
Em suma, dois felgueirenses (do concelho de Moncorvo), que sentiram a tal pulsão de evasão e se projectaram no mundo exterior, buscando a universalidade, mas que nunca esqueceram as suas raízes. Um cumpriu já o seu destino e é a personalidade de excepção que se conhece. A nossa contemporânea está a concretizar também o seu percurso, e daqui lhe desejamos um futuro à medida dos seus desejos - mas tendo sempre presente o magneto do Roboredo a orientar a sua bússola.
Sábado, a partir das 11;00 h no Centro de Memória.

Para saber mais, ver os seguintes post's, no nosso blogue:

  • sobre Armando M. Janeira:
http://torredemoncorvoinblog.blogspot.com/2009/02/biblioteca-iii-peregrino-de-armando.html
http://torredemoncorvoinblog.blogspot.com/2009/02/biblioteca-iv-ainda-armando-martins.html
  • Sobre Isabel Mateus:

http://torredemoncorvoinblog.blogspot.com/2009/04/outros-contos-da-montanha-de-isabel.html

7 comentários:

Anónimo disse...

Ambos acontecimentos culturais de elevado significado! Na verdade o local é a referência para o universal. Gosto de pensar que a minha terra, Moncorvo, e a sua gente, têm o segredo de congregar o respeito pelas suas origens com a visão cosmopolita do mundo, fazendo da distância a proximidade, do reduto fragoroso dos montes a universalidade e da sua generosidade o grande ensinamento.
Sob a égide de Torga, será certamente um grande momento.
Daniel

Júlia Ribeiro disse...

Sem dúvida que será um grande momento!
E , com imensa pena minha, mais uma vez me limito a observar de longe.
A minha homenagem ao grande Homem que foi o Embaixador Armando Martins Janeira e todo o êxito e felicidades para a Isabel Mateus.
Júlia

arnaldo silva disse...

Parece-me de vital importância as actividades que amanhã, dia 29 de Agosto, irão ter lugar no Centro de Memória e na Biblioteca Municipal.Contudo, não lonos podemos esquecer, a não ser que os responsáveis deste blog, habituados a esconder as grandes inaugurações em Torre de Moncorvo, sem identidade partidária e com esforço financeiros pessoais, como foi o caso da Inauguração do Núcleo Museológico da Fotografia do Douro Superior, na rua Dr. Campos Monteiro, de indicar os caminhos de Lisboa, mais propriamente para o Museu da Resistência onde, com tenacidade e vontade de levar para outras terras o melhor de Moncorvo, o nosso amigo Paulo Patoleia vai expor cinquenta imagens de ROSTOS TRANSMONTANOS, estes devidamente informados nas notícias da TVI. Ou será que neste blog de Moncorvo, esta actividade não se integra nos objectivos definidos na sua linha de defesa e divulgação do nosso Património?

arnaldo silva

Só não vou a Lisboa porque tenho o carro avariado.

Anónimo disse...

Aproveito para deixar aqui este endereço, sobre o que vai acontecer na região.
Parabéns aos colaboradores deste blogue.

http://fg-mos-vila-antiga-medieval-tmoncorvo.blogspot.com/2009/08/entre-os-dias-9-e-13-de-setembro-vai.html

Cidadão do Mundo

torredemoncorvoinblog disse...

Sr. Prof. Arnaldo Silva,
Agradecemos desde já o seu comentário datado de 28.08.2009,em relação ao qual temos a dizer o seguinte:
1)A inauguração do seu museu particular dedicado à Fotografia ocorreu num momento de reestruturação deste blogue, pelo que é natural que alguma informação pudesse ter passado sem publicação. Em todo o caso, não nos recordamos de ter chegado qualquer informação com pedido de divulgação, a qual seria naturalmente analisada e editada, em conformidade com o regulamento interno e critérios editoriais;
2)Do mesmo modo, não nos chegou informação sobre a exposição fotográfica que refere;
3)Já têm sido feitas referências, em comentários de visitantes (identificados ou anónimos), ao seu museu particular, o último dos quais, de autoria de um colaborador deste blogue (simplesmente identificado como N.), postado no passado dia 23 de Agosto, a propósito do post de Vasdoal, sob o título “Alpendre Cultural”, datado de 21.08.2009;
4)Por último, este blogue, sendo de todos os moncorvenses, não se pauta por critérios de “identidade partidária”, religiosa, ideológica ou outra; todavia, não sendo um órgão oficioso, e sendo também uma obra particular de um conjunto de carolas (que não auferem qualquer remuneração por isto), não tem obrigação de postar tudo o que se passa, reservando-se o “direito de admissão”, como rezam certas placas em certos estabelecimentos. Um “serviço público” ou mesmo privado de cariz profissional (como uma televisão, ou um jornal) obviamente teria de ser pago e aí o espectactador/leitor teria direito a livro de reclamações.
Esperamos que continue a ser visitante deste blogue, a enviar-nos os seus comentários e até informação sobre eventos que realize, que teremos muito gosto em analisar e editar, se o respectivo conteúdo estiver dentro dos parâmetros aceitáveis pelos administradores e colaboradores do blogue.

Torre de Moncorvo, 28.08.2009
Os Administradores do TorredeMoncorvoinblog

Nota: não é costume respondermos a comentários, mas, desta feita tivemos de abrir uma execepção, visto que se tratava de acusações com direito de resposta/defesa, da nossa parte. Só hoje a acusação e resposta são publicadas, porque os administradores se encontram de férias. Para nós o assunto acaba aqui e não serão alimentadas polémicas, se isso é desejo e vontade de alguém.

LOPES disse...

Após longos períodos de ausência a que foi alheio....
Não querendo alimentar polémicas porque essas devem sempre estar de lado, todas as exposições e agendas culturais são amplamente divulgadas pelos Blog´s da região, não vejo o porque de tanta falha que se dar ao que de falha apenas terá o nome, a página tem outras páginas direccionadas.

Jornais e editorias nacionais dão sempre a divulgação de acontecimentos da região, não deveremos pretender fazer de um blog um site.

Cumprimentos

Lopes

Anónimo disse...

Muito bem!

eXTReMe Tracker