torredemoncorvoinblog@gmail.com

domingo, 30 de agosto de 2009

Rostos Transmontanos

Fui na passada sexta-feira ver de novo ( já a vira em Moncorvo) a exposição fotográfica "Rostos Transmontanos" de Paulo Patoleia. Eu e o Lelo e bemmequero ( o filho do "apita abílio" ,que tem na net o "forum de Carviçais") e gostamos. A Júlia Ribeiro é que veio de propósito de Leiria a Lisboa e se perdeu. Penso que deve ter ido parar às antigas instalações do Museu da República e Resistência na Estrada de Benfica, no que se chama o Casal do Grandele. A exposição está patente até 10 de Setembro e qualquer transmontano que se preze e tenha algum tempo não a pode perder. Daqui envio os meus parabéns ao Paulo Patoleia. Foi pena que não estivesse ninguém da Câmara, já que era uma das patrocinadoras. Sei que havia outras actividades naquele dia, mas de qualquer modo... Enfim

8 comentários:

Anónimo disse...

Não tive ainda oportunidade de visitar a exposição, mas já vi algumas fotos na net no site de Paulo Patoleia. Está pois de parabéns pelas fotos que expressam bem o rosto certo dos transmontanos neste magnifico registo cheio de sensibilidade.
Ac

Anónimo disse...

Rogério, o filho do "apita Abílio" não é bemmequero,é baiqueeuespero.Mas deu para rir às gargalhadas.

Júlia Ribeiro disse...

Olá, Rogério:

Penso que não me perdi. O problema foi eu não saber que havia DOIS ESPAÇOS com o nome de BIBLIOTECA-MUSEU REPÚBLICA E RESISTÊNCIA !!

Para mais, distantes um do outro. E no mais antigo ( que fechara uns minutos antes de eu chegar) não havia qualquer referência ao novo edifício. Não fui só eu que fui lá parar...

Tive o cuidado de, antes de ir para Lisboa, abrir o Google para ver onde é que o tal Museu ficava e o que me apareceu em 1º lugar foi o antigo edifício . Assim tal qual e transcrevo:

"Situado num bairro operário, do princípio deste século, construído por Francisco de Almeida Grandela, o Museu da República e Resistência dedica-se, ao estudo e à investigação da História Contemporânea Portuguesa, em permanente articulação com as Universidades e as Associações Culturais ".

Seguia-se o endereço e já não procurei mais nada. Fui lá direitinha : Estrada de Benfica , etc. etc. E é um edifício bem bonito...
Pronto, foi o tal passeio à Sra. da Asneira: fiquei com pena por não ter visto a exposição.

Abraço,
Júlia

jose albergaria disse...

Quando de regresso de férias, espero não perder a expo.
Abraço,
Albergaria

Anónimo disse...

O Paulo tem imagens excelentes que mostram as pessoas por dentro. Vi a exposição aqui. Merece a pena a visita!
Há uma imagem que eu vejo repetidas vezes( não sei se faz parte das expostas): trata-se de um senhor quer assistindo à missa campal da Nª Sª da Luz em Constantim, aflito com o sol a castigar-lhe a careca mas não querendo colocar o boné na cabeça, pois tal é suposto naõ se fazer durante a missa, pega no dito vira-o ao contrário e coloca-o no alto da careca. Problema resolvido. É um momento delicioso que podem ver aqui http://olhares.aeiou.pt/rostos_transmontanos_foto2721922.html

AM

Jorge disse...

Vi a exposição no Cine-Teatro e gostei, recomendo vivamente. Quem conhece(u) alguns dos rostos captados pela objectiva do Paulo reconhece que para além da beleza imagem, fica muito mais... Parabéns Paulo.
bird

paulo patoleia disse...

Agradeço ao Rogério a sua presença e este post, ao Leonel de Brito ao Rui «Baiqueeuespero» e à esposa do Leandro Vale, em representação do Teatro em Movimento na abertura, que pena a Júlia ter ido parar ao Casal do Grandela, teria sido uma agradável surpresa! Esta exposição em Lisboa, não é só minha, mas de todos os transmontanos. As visitas estão a superar as expectativas e a direcção da Biblioteca-Museu Républica e Resistência tomou comigo a decisão de prolongar por mais 10 dias o tempo préviamente anunciado. Agradeço a todos os que dentro das sua possibilidades divulgam e visitam esta exposição de retratos e a mensagem que ela contém, a todos bem hajam.

Júlia Ribeiro disse...

Olá, Paulo:

Foi um danado dum desencontro! Mas como ia eu imaginar que havia 2 espaços com o mesmo nome e ambos como Biblioteca-Museu e ambos em funcionamento e distantes um do outro...?
Se a exposição vai permanecer até dia 20 de Setembro, talvez ainda dê lá outro pulo, desta vez acertando.
De qualquer maneira, deixo-lhe aqui os meus parabéns.

Júlia

eXTReMe Tracker