torredemoncorvoinblog@gmail.com

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Hoje o dia amanheceu com neve...

Torre de Moncorvo amanheceu polvilhada de neve. A fina poalha de "açúcar" sobre os telhados e quintais da vila, um pouco mais espessa na cumeada da serra...
Entretanto o nevoeiro baixou sobre o casario esbranquiçado, recriando o reino mágico de Avalon...
As ruas húmidas, com os beirais pingando o degelo...
Enquanto em Copenhaga se discute o "Aquecimento Global", a tradição ainda é o que era na serra do Roborêdo. Caminho nevado no alto da Portela de Felgueiras, parecendo um glaciar...

Vertente da serra na zona de Lamelas.

Pelos caminhos da serra - descendo para o Calhoal.
Os blocos de hematite (minério de ferro do Roboredo), dormindo sob a coberta de neve, à espera de quem o acorde... (talvez um dia...)

A povoação do "Carvalhal City", nas faldas da serra, terra fria por excelência, aqui tiritando sob um fino véu de neblina...

Fotos de N.Campos

4 comentários:

Anónimo disse...

Bonito, muito bonito! A minha mãe também me descreveu a neve por trás da serra, mas vista assim tem mais impacto!

Divirtam-se!

Isabel

Júlia Ribeiro disse...

Lindo! Na serra a neve pegava sempre. Na vila, lá vinha o nevoeiro mijão que, recriando "o reino mágico de Avalon" derretia a fina camada de neve.
Mas surgia outra maravilha: quando o nevoeiro fazia a novena , até a trezena, tudo envolvendo durante o dia, mas subindo (e sumindo) durante a noite, dava lugar à geada, que até rebrilhava de encontro á luz dos escassos candeeiros eléctricos em redor da praça e então o sincelo ia-se formando - pingentes de gelo fantásticos, cada dia mais compridos, enfeitavam os galhos das árvores despidos de folhas e os beirais dos telhados.
Porém, mais fantástico ainda era o que acontecia quando, finalmente, brilhava o sol. Os pingentes iam derretendo mas, a certa altura, quebravam em milhentos estilhaços e os sons eram exactamente os do cristal a partir.
Eu não sabia o que era o cristal, mas hoje sei e, na minha memória, consigo comparar.

AMIGOS, VOU ESTAR AUSENTE ATÈ AO DIA DE REIS. AGRADEÇO QUE NÂO ENVIEM MAILS, PARA NÃO ATAFULHAR A CAIXA DE CORREIO.

DESEJO A TODOS OS AMIGOS, BLOGUEIROS E DEMAIS CONTERRÂNEOS BOAS FESTAS, COM PAZ E SAÚDE .

(O euromilhões era capaz de também dar jeito. Mas, à falta dele que, ao menos, tenhamos uns euromilhinhos. )

Abraços
Júlia

Angel disse...

Que bonito. No hay nada mejor para que nieve en invierno y haga calor en verano,que se junten los gobernantes para repartirse los dineros por no se que, del "cambio climático".
Al dato: el 75% de las vacunas de la famosa gripe A,han sido devueltas a los laboratorios en Castilla-León.
Al final, la gente tiene mas miedo a la falta de trabajo que al famoso virus.
Un abrazo a todos y feliz Natal.
Angel

Wanda disse...

Olá!
Já copiei e repassei as fotos para os meus familiares.
Cenas como essas não são vistas por aqui no inverno, somente em algumas cidades no sul do pais ,neva fraquinho, por uns dois dias no ano.
Adoro paisagens com neve.

Abraço!

Wanda

São Paulo-Brasil

eXTReMe Tracker