torredemoncorvoinblog@gmail.com

quinta-feira, 24 de julho de 2008

memórias de um rio


8 comentários:

Elmano Saborino disse...

Que grande fotografia!!! e premonitória: essa rocha truncada parece a ponta de um dedo em riste, acusador, a submergir-se nas àguas serenas do rio... um rio do qual ainda se vê o fundo (por enquanto...).
Perdoai-lhes, Rio, porque eles não sabem (?) o que fazem...
- Elmano Saborino

Xo_oX disse...

A água é um bem demasiado precioso para ser vendido.
Infelizmente vivemos num tempo em que os valores se alteraram, mas os malabaristas são os mesmos. Nem tudo o que luz é ouro. Vale mais um rio nosso do que uma mentira. O Progresso é o Sol que nos mata, a droga do nosso definhar, o nosso beijo. Quem plantou vinhas e olivais no ventre das fragas, nunca acreditaria num messias de nariz grande, palavra fluente, inconsistente, "defensor" da ecologia e rendido ao grandes capitalistas. Verdes ... são os campos... vermelho é o seu sorriso

Anónimo disse...

Curiosamente, é em nome da água (e do seu negócio, disfarçada pela palavra "necessidade") que os vales vão sendo afogados... Vão campos agrícolas, vai natureza, vai tudo por água abaixo, ou, antes, por água em cima...
E isto vai acontecendo, enquanto se ouvem num coro de fundo (por vezes muito agressivo) inúmeros papagaios repetindo sem cessar:
"-Reserva estratégica d'água, reserva estratégica d'água!!", sem saberem o que isso quer dizer...

João disse...

E os que sabem o que isso quer dizer?
Serão menos ou mais egoístas?

Anónimo disse...

Caro João,
Quanto a esses, apenas lhes digo, como Cristo: "Perdoai-lhes Pai, que não sabem o que dizem..." Mas entretanto acrescento: "Não lhes perdoes, Pai, aos que sabem muito bem o que fazem..." - E um dia a História dar-nos-à razão, só que será tarde, muito tarde.

LOPES disse...

Não será o local próprio para essas divagações caros anónimos, penso que tem sitios na Net para debater essas opiniões.
Este Blog destina-se a dar a conhecer a natureza e o património do Concelho, apenas é transcrito e fotogrado a opinião dos autores do Blog e dos colaboradores, todos nos devemos respeitar, só assim podemos entender a opinião de cada um e respeitá-la.
Cumprimentos
LOPES

Anónimo disse...

Caro Lopes, acho que ninguém faltou ao respeito a ninguém, nem a opiniões alheias. Quanto ao "anonimato" pois saberá que infelizmente há certas opiniões que lá pelas terras de Moncorvo (de onde sou) não se podem expressar livremente sob pena de sermos maltratados e apontados a dedo. E dito isto, assim me calo.
Cumprimentos,
anónimo.

LA disse...

Vivo em Moncorvo há mais de 30 anos, sempre fui livre de expressar a minha opinião e nunca fui penalizada e apontada a dedo...
A fotografia é muito bonita e poderia ser reportada a um rio ou ribeiro de águas paradas... Paradas e com pouca água, será que se trata do rio Sabor no Verão ? ou até na primavera ?
Esta terra sem água, daqui a alguns anos... o que é que acontecerá ? alguns dos que se intitulam de "CÁ" só vêm passar uns dias por ano e ficam maravilhados com esta belissima imagem... e nós que regressamos à nossa terra, acreditando num futuro para os nossos filhos, após termos completado a nossa formação académica ? Será que ficamos contentes e felizes por vermos, cada vez mais, sermos engolidos pela interioridade, consequência da ignorância dos nossos politicos e de algumas pessoas que intitulam Moncorvenses de "fim de semana".
A água, como bem precioso, pode ser preservada e retida neste rio, sem prejudicar de forma catastrófia a região e vem beneficiar, a longo prazo ( a nossa prole tem que ficar garantida para o futuro que lhes reservamos) tanto a nivel agricola , pecuário, ambiental(permitindo a manutenção de algumas espécies, pois sofrem em épocas de estio e o repovoamento por outras espécies que terão abandonado a região- a biodiversidade é sinónimo de preservação da vida na Terra) e humana.
Claro que se trata da minha opinião e que como um ser livre que sou expresso-a, sempre, que " eu o desejar"
Atenciosamente
LA

eXTReMe Tracker