torredemoncorvoinblog@gmail.com

sexta-feira, 20 de junho de 2008

guardiões do temp(l)o

Mesmo que me mostre viril
hei-de ficar bem senil.
Lá se vai a minha vista!

Daqui avisto o Sabor
e mui projectos em redor.
Igreja Matriz de Torre de Moncorvo.

2 comentários:

Nelsn disse...

Um bom zoom para estas gárgulas que bem merecem uma observação atenta. Apesar de terem o seu apogeu no estilo gótico, continuam a aparecer aqui numa igreja da Idade Moderna, algumas ainda seguindo o bestiário gótico (monstros e seres mtológicos) mas outras com representações segundo os modelos clássicos greco-latinos, parecendo máscaras de tragédia grega. Diz a lenda que os artistas tinham preferido justar o pagamento em dinheiro, em vez de ser em géneros, como era costume; com a desvalorização do dinheiro, decorrente de fenómenos inflaccionários, os mesmos ter-se-ão arrependido da sua ambição, e, como tal, representaram-se em poses de desespero e de arrependimento, estando muitas figuras a "torcer a orelha". É o que diz o povo...

vasdoal disse...

Obrigado, Nelson, por esta informação preciosa.

eXTReMe Tracker