torredemoncorvoinblog@gmail.com

domingo, 1 de junho de 2008

Flora de Brincadeiras

Os botões da tasneirinha ( Senecio vulgaris L.), com as suas cores verde e amarela, prestavam-se para fazer espargos com ovos. ( Torre de Moncorvo).

Esta pequena flor de Jasione Montana representava um queijinho nas brincadeiras e passatempos infantis, sobre culinária ( Torre de Moncorvo / Freixo de Espada à Cinta).

Fotografia registada em Sequeiros - Torre de Moncorvo.


A canafrecha (Tapsia Villosa) era utilizada na construção de brinquedos, tal como o arado que a foto anterior representa ( contruído por António Dias, octogenário).

Fotografias registadas em Sequeiros - Torre de Moncorvo, em 14 de Janeiro de 2006.

3 comentários:

Xo_oX disse...

Gostei do arado feito de canafrecha. Ainda vou tentar fazer um semelhante...

Anónimo disse...

oh Vasdoal, foi com um arado desses que puseram os outros a lavrar, não? eheheh

n. disse...

Desta planta, a canafrecha, retirou o escritor Campos Monteiro a sua inspiração para a alcunha do personagem "Canafrecha" que aparece na primeira novela de "Ares da Minha Serra", de que falou o Rogério num dos "posts" anteriores - ver lá atrás.
Atrás do antigo ginásio da Corredoura, na encosta para o vale da Quinta da Nória, na vila de Moncorvo, existe o topónimo Canafichal ou Canafrechal, que só os velhos do S. Paulo e da Corredoura conhecem. Aqui fica o registo antes que se apague da memória, apesar de lá se verem, ainda hoje, imensas plantas destas, viçosas nesta fase do ano.

eXTReMe Tracker