torredemoncorvoinblog@gmail.com

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Papoilas

As papoilas representam bem a estação do ano em que nos encontramos, a Primavera.
Chegam-se mesmo a encontrar campos enormes cobertos de um manto vermelho, que as papoilas nos proporcionam.
A papoila, ou papoula, é uma flor da família das Papaveraceae, abundante no Hemisfério Norte, cultivada para ornamento, ópio ou comida.

Nós por cá, maravilhamo-nos com as lindas papoilas que embelezam de vermelho os nossos campos, ou mesmo a borda das estradas, como estas das fotografias, bem perto da Foz do Sabor.

6 comentários:

Anónimo disse...

Papoilas

A natureza é bela,
As Flores florescem,
A sociedade dá cabo dela,
Os Homens quase anoitecem!

Parabéns pelas Papoilas!

J. Rodrigues Dias

Júlia Ribeiro disse...

Olá, Jorge Delfim:

As papoilas são as minhas flores preferidas. Talvez porque são lindíssimas no seu ambiente. Só aí conseguem manter a sua seiva correndo, a sua cor que é simultaneamente um grito de alegria e um grito de vida (ainda que bem efémera. Se colhidas, murcham de imediato).
Aliás, é a flor que escolhi para o "meu perfil" .

Pelas fotografias, obrigada.
Júlia

Anónimo disse...

Estes campos de papoilas fazem-me lembrar sempre aquele célebre quadro de Claude Monet, "papoules à Argenteuil"... Só falta a senhora da sombrinha com o crianço ao lado. Um toque de impressionismo da nossa Vilariça, pela objectiva do J. Delfim.
Parabéns! N.

Anónimo disse...

Aditamento: é aproveitar a fotografar enquanto é tempo essa encosta (presumo que é a do cabeço da Derruída); tarda nada passará aí o novo troço do IP-2 já anunciado, o que vai directamente ao Bico da Ribeira, onde passará o Sabor, pois a actual ponte de pedra vai ficar submersa pela barragem de jusante do gigantesco complexo hidroeléctrico do Sabor...

Wanda disse...

Olá!
Belas fotos , Jorge!
É lindo de se ver um campo de papoilas

Um pouquinho de lenda !



A papoula(é como se chama no Brasil) é a planta oriental que contém o ópio, usado há séculos. Foram encontradas nos túmulos dos egípcios há três mil anos atrás.

De acordo com uma lenda grega, a papoula foi criada por Somnus, deus do sono, para ajudar Ceres, a deusa do milho, que completamente esgotada pela busca de sua filha perdida, não conseguia mais fazer o milho crescer. As sementes da papoula ajudaram-na a dormir e após o descanso, o milho cresceu outra vez. Os gêmeos Hypnos e Thanatos (sono e morte) foram representados coroados com papoulas ou as carregando nas mãos. Por certo, os gregos já tinham o conhecimento que o sono induzido pelo ópio pode causar a morte.

Eu conheço receitas que levam sementes de papoila e nenhuma delas faz mal.

Abraço
Wanda
São Paulo, 14 de maio de 2009

Anónimo disse...

o Basaloco publicou o ano passado a uma foto de uma PAPOILA AMARELA.
Já viram alguma??

eXTReMe Tracker