torredemoncorvoinblog@gmail.com

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Primavera triste


A primavera chegou sem esperança trazer.
O fogo do desespero consome campos e fábricas,
Consome sociedades e nações,
Consome continentes,
Consome corações.
As falsificações aumentam
E aumentam as corrupções.
Punições, nada!

Que justiça, Senhor?!

Os despedimentos explodem
E matam as fomes.
Como é possível tudo isto acontecer
Sem nada se fazer?

Pergunto-me, sem resposta ter:
Como deixaram eles a tudo isto chegar,
Sem nada prever,
Sem nada vislumbrar,
Sem nada dizer,
Para cada um se precaver?

Ouso, contudo, responder-me
Que eles sabiam,
Eles sabiam,
Que eles pelo menos pressentiam,
Pois tinham que antever,
Que isso teria que ser seu dever e saber.
Infelizmente, nada:
Nem ver, nem dever, nem saber nem nada!

Ouso ainda pensar
Que no seu conhecer,
Ou no seu pressentir,
Nada quiseram fazer
A não ser para o lado olhar
E a outros deixar o agir.

A outros, iguais,
Sem agir,
Ou a fingir,
Para o lado olhar,
A assobiar,
A fortunas ganhar!

Que triste esta primavera,
Sem esperança trazer,
Com sonhos feitos a desfazer,
Ou sem sonhos poder ter,
As gentes tristes a sofrer,
Os corações a sangrar,
Sem responsáveis castigar,
Sem justiça haver nem ter!

Este é o mundo!
Talvez o mundo a merecer
Sem primavera de esperança haver.

Culpa?
Talvez tua e minha,
Por neles confiança ter!

J. Rodrigues Dias
2009-03-24

6 comentários:

Anónimo disse...

Espero que as próximas Primaveras sejam de facto melhores, mas até lá,temos mesmo de ir aguentando e exprimindo de alguma forma o que nos vai na alma e nos sentidos, continue a escrever, que o faz bem, e na minha opinião não há melhor desabafo.
Cumprimentos. Séfora R.

Anónimo disse...

Também gostava de estar presente na festa blogueira.Abraçar a Júlia ,a Maria da Misericórdia,Isabel Mateus,Nelson,Rogério,Aníbal, Leonel,Lopes,Delfim,Daniel,Angel,H.E.j(balda-se),Pucareiro,M.C.,"Felgar"...todos.PERGUNTA: Onde é o encontro?(cortinha da guarda?)
Quem e onde se podem fazer as inscrições?(é para todos?)
Onde se come?(importante)Subimos de nível até à tasca do Vilela,no alto da fragada?
A Júlia leva os abaixo-assinados?
Angel/Nelson organizam uma prova/cata da pinga do Duero/Douro?
Há uma videoconferência com a Wanda e a Banda?O meu filho mais velho anda a fazer um doutoramento sobre os dótores da praça.O mais novo ,é rap/ecologista ,prepara uma tese de mestrado sobre a figueira das varandinhas da Igreja.
Levo os dois netos.Ela quer jogar a macaca, ele pinta-a.Há uma neomarquinhas prá canalha?
Nota: o Zé já está melhor e também quer ir.Pergunta se há Peredo wine?
L.R.

wanda disse...

Olá!L.R.
Videoconferência quer dizer eu na telinha ou telona e vocês a comer e a beber o Peredo wine?
Tô fora!
Mas aceito passagens e estadia , também levo a neta para jogar a macaca!
Quanto a Banda, nada melhor do que a Banda da Sociedade Filarmónica Felgarense !
Festa completa!
Bom divertimento!
Abraços
Wanda
São Paulo, 22 de maio de 2009

Júlia Ribeiro disse...

Olá, Lélia e Wanda:

Venha o dia 6 : que grande grupo vai ser ! E os tais abraços !
Uma boa jantarada, também. Vinho , do melhor, como é óbvio.
Texto para o abaixo-assinado também se fabrica.
Uma ou duas linhas para a placa da Mestra, também se alinhavam .
Depois, todos juntos, faremos a costura a preceito com acabamentos de primeira !

Não sei onde vai ser o encontro e o repasto, mas o amigo Nelson é o rapaz indicado para tratar do assunto. Aliás, ele trata de tudo sempre com o brio transmontano. O brio e a alma, verdade seja dita.

Um grande abraço
Júlia

Anónimo disse...

"o amigo Nelson é o rapaz indicado para tratar do assunto."
Escarrapatchar, já!
Despesas à moda do Porto ,foto de família à maneira e bué de tinto .
Catantcho!
uma que acorada com o blog.

Júlia Ribeiro disse...

Olá, Amigas e Amigos blogueiros:

Já não é só a primavera que está um tanto triste, o blog também está a ficar um tanto tristonho.
Já ninguém "aposta" nada há uns dias ... Nelson, tire só uns minutinhos ao seu trabalho e venha de lá uma coisa com interesse. Eu tenho o meu roteiro da Corredoura quase terminada, mas preciso de preencher uma falhas e isso só vai ser possível no dia 6 ou 7 junto de algumas pessoas idosas da Corredoura. Depois toca a "apostar" aqui em duas ou três
partes.
Rogério,está tão caladinho há tanto tempo: pede-se mais uma
poesia. Daniel, um daqueles seus textos que nos prendem o coração e transportam a alma para um outro
lugar de serenidade!
É que isto está um pouco parado, não acham?

Abração,
Júlia

eXTReMe Tracker