torredemoncorvoinblog@gmail.com

quinta-feira, 26 de março de 2009

Detalhes em Ferro 4

Também na Lousa podemos encontrar interessantes trabalhos em ferro forjado em muitos gradeamentos de escadas e varandas. Numa capela no meio da aldeia encontrei a sineta que a fotografia documenta. Este campanário não é em pedra como é mais usual, é em ferro forjado!

9 comentários:

Wanda disse...

Olá!

É a Capela de Santo Antonio!

Por volta de 1947, esse sino tocava para que moradores se reunissem na execução de um leilão.
Fora criada uma comissão para defender as lavouras das invasões do gado.Cada pastor arrendava uma superfície em ata ( hasta) pública e só podiam por o gado a pastar nela.
Chamava-se a Comissão dos Proprietários.
Isso era bom porque se preservava as plantações e também era bom para o pastor pois não tinha que dividir terreno com pastores de fora.
Após a arrematação da área ,cada pastor tinha que dar uma certa importância em depósito na Comissão ,para garantia de qualquer percalço com os gados.Durante o ano tinham que pagar pelo uso da área.Qualquer prejuízo que o gado fizesse aos proprietários era ressarcido com o dinheiro arrecadado.
Muitos benefícios foram feitos na aldeia com estas arrecadações.
Aníbal , não sei se ainda existem, mas havia umas varandas em ferro forjado maravilhosas na Lousa!

Abraço
Wanda
São Paulo, 26 de março de 2009

Anónimo disse...

É notável a memória da Wanda e a quantidade de informação que aqui deixa!
Por mim, que nada sei da Lousa , apenas quero ( mais uma vez) realçar a extraordinária capacidade do Leonol de ver e sentir o pormenor - aquele pequeno pormenor que faz saltar a memória das coisas.
Daniel

Anónimo disse...

A Wanda acertou em cheio. E o que ela sabe! Esta senhora é mesmo um poço de surpresas.
O campanário é lindo !!

Wanda: Já enviei um pacote com livros. Até os meus filhos cederam um cada um. Assim, em vez de 5 ou 6, acho que são 7 ou 8. Espero que lhe agradem e não seja apenas um desperdício de tempo, o tempo que gastar a lê-los.

Abraço
Júlia

Anónimo disse...

Wanda,Júlia,Pucareiro,Daniel,Angel a postar,já!
Abram-se as portas ,convidem estes blogueiros de primeira divisão.
Até onde vai este blog?
Transmontanya,sempre.
'Compreende?'

Anónimo disse...

Mais uma bela foto do Aníbal.E o Museu do Fero a esfregar as mãos de contente.À descoberta de Torre de Moncorvo em livro de fotografias do Aníbal.Textos da Júlia Rogério,Daniel e Nelson.Gandebook!
COMPREENDE?

Daniel de Sousa disse...

Correcção! Onde está Leonel leia-se Aníbal.
O seu a seu dono, sem desprimor para ninguém.
Daniel

Wanda disse...

Olá

Muito agradecida a Júlia pelo seu carinho,sua generosidade e sua delicadeza.
Quero fazer de tudo para merecer esta atenção e espero poder retribuir.
Todos do blog são gentis demais comigo.
Afinal sou uma "estranha no ninho"..rs
Tenho anotações e publicações de algumas histórias sobre a Lousa,estarei passando sempre que houver a oportunidade.
Abraços
Wanda
São Paulo, 27 de março de 2009

Anónimo disse...

A foto tem uma boa tomada de ângulo, e o preto & branco realça sempre bem isto das ferragens (mas uma que faltou no lote da exposição que ainda está patente no Museu do Ferro e que vai estar mais uns dias - por isso APROVEITE este fim de semana e vá ao Museu, leve a família e extasie-se com a bela Obra fotográfica "Detalhes em Ferro" do Aníbal Gonçalves! - lembramos que, inclusive, pode adquirir as fotos de que mais gostar, passo a publicidade.
Realmente este campanário é um óptimo trabalho de ferro forjado, a lembrar um bocado certas obras do género, aqui ao lado, em terras de Castela (estou a lembrar-me da belíssima sineira da casa da alcaiadaria de Formoselle!).
Felicito tb a Wanda pelas informações que nos prestou, sobre o sino de Stº António! Notável como as memórias destas terras, voláteis, como num jogo de espelhos e reflexos, nos chegam até do Brasil... Fique sabendo, Wanda, que essa luta entre pastores e agricultores vem desde os tempos do Neolítico; essa solução das Comissões de Proprietários parece remontar ao séc. XIX. No Felgar também havia uma, e, de tão importante, que até construíram um excelente edifício em pedra, onde se faziam até bailes e representações teatrais. Também devia ser à pala das multas aos pobres pastores, afora as rendas dos pastos, que iam para os ditos proprietários. E ainda diziam: "Vida de pastor, vida de senhor!..."
Com um abraço transatlântico,
n.

Anónimo disse...

Há aqui uns anitos, quando a disponibilidade profissional era um pouca maior, comecei a recolher elementos sobre a Comissão de Proprietários do Felgar para elaboração dum estudo etnográfico.
No decurso da recolha e demais investigação, também descobri que na airosa aldeia de Urros existia também uma Comissão de Proprietários, com estatutos publicados e um modus faciendi um pouco diferente da do Felgar. Recordo-me de, na altura, me questionar se haveria também noutras aldeias do concelho as ditas Comissões de Proprietários.

Afinal, por informação vinda do Brasil, foi com agrado que verifiquei e vim a saber que também na Lousa existia uma C. de P. com a particularidade de esta, a fazer fé na informação da Wanda, ter uma função 100% idêntica à do Felgar, meu rico rincão.

O estudo ficou por concluir e lá continua no baú à espera de melhores dias, mas, independentemente de tal, a importância da C.de P. era enorme, sendo uma manifestação impar do comunitarismo agro-pastoril, infelizmente já extinto.

Então o sistema das " Voltas " e a arrematação a ele inerente, a ordem e o ordenamento e o respeito pela propriedade privada, era então valores não dispiciendos e que saíam bem reforçados com a regulamentação costumeira da C. de P..

Infelizmente o camartelo do progresso feriu de morte esta manifestação de corporativismo ( no bom sentido da palavra ) por excelência.No Felgar morreu logo nos inicios da decada de 80 com o infeliz desmantelamento da C. de P.

Muitas obras e benfeitorias, sobretudo rompimento e melhoramentos de caminhos, se fizeram para o dia à dia da população com o dinheiro das arrematações pelos pastores das " Voltas ".

Actualmente, parece que outros valores se levantam...

Obrigado à Wanda pela informação.

Pucareiro

eXTReMe Tracker